Bom diaaaa!!!!

Que tal iniciar o seu sábado investigando tudo aquilo que você pensa e sente?

É sobre isso que falo no nosso DETOX EMOCIONAL de hoje!

Assista agora antes de iniciar o final de semana e surpreenda-se com seu ganho de consciência.

Assista em HD! =)

Diariamente, a partir das 6hs da manhã, estamos juntos no compromisso de ganhar de vez nossa autonomia emocional!

Um grande beijo,

Camylla Costa

Bom diaaaa, meus queridos leitores!!

Agora são 6hs da manhã e estou aqui para disponibilizar o 1º DETOX EMOCIONAL para vocês!

Esse é um projeto que estréia agora e vai te ajudar a todos os dias de manhã, logo assim que acordar, ter a oportunidade de assistir um rápido vídeo que vai te ensinar a CURAR SUAS EMOÇÕES!

Agarre essa chance, irá ao ar todos os dias a partir das 6hs da manhã…Dias de autonomia emocional e plenitude esperam por você!!!

E para começarmos bem essa série, vamos nos esvaziar?

Compartilhem essa oportunidade com amigos, familiares e equipes de trabalho…Juntos vamos disseminar a autonomia emocional nos 4 cantos do mundo!

Um grande beijo e até amanhã cedinho!

Camylla Costa

Olá meus queridos leitores,

Pensando em novas maneiras de levar autonomia emocional e afetiva para todos vocês que me escrevem de várias regiões do Brasil e do mundo, na próxima sexta-feira, 22 de Maio, vai ao ar uma novidade no meu canal do youtube.

Quer saber todos os detalhes dessa novidade?

Assiste aqui:

Você que ainda não é inscrito no meu canal, inscreva-se agora! Acesse: www.youtube.com/camyllacostavideos e clique no botão “INSCREVER-SE”

INSCREVER-SE

Vamos juntos disseminar a autonomia emocional para cada coração aflito!

Convide seus amigos, familiares e equipe de trabalho!!! Dia 22 de Maio, a partir das 6hs da manhã para começar o dia com a autoestima blindada, fortalecido emocionalmente e pronto para encarar os desafios!

Estou certa de que você tomando a decisão de todos dias assistir aos vídeos desse projeto, você vai promover a CURA DAS suas EMOÇÕES e estará pronto para desfrutar de uma vida muito mais feliz.

Te espero lá!

DETOXUm beijo,

Camylla Costa

 

Olá pessoal,

Certamente durante a sua vida você já encontrou alguém no seu caminho que esperava algo de você e que naquele momento você não era capaz de dar; ou então, já pediu algo de alguém que naquela hora aquela pessoa não pode da mesma forma te dar.
São em momentos simples e aparentemente inofensivos como esses que acabo de citar que o risco da idealização os permeia.
Existe um ideal esperado de nós por todo aquele que se relaciona conosco, o grande problema é quando essa pessoa espera algo de nós que nunca seremos capazes de dar ou que esperamos algo dessa pessoa que ela nunca será capaz de nos dar. Não por mal ou por não querer, mas simplesmente porque aquele pedido que recebemos ou fazemos não faz parte do contexto da nossa ou da subjetividade do outro. Está fora de ambos os ambos os valores, hábitos e contextos de vida…

O grande problema é que, se tratando de relacionamentos amorosos, ainda que em um primeiro momento vejamos que o outro não tem as qualidades que nós queremos e buscamos, ou que sintamos que não seremos capazes de dar aquilo que o outro quer de nós, insistimos e vamos contra a lei natural da vida e caímos no engano de pensar que podemos sim pouco a pouco ir moldando a vida do outro até que possamos mudá-lo completamente. E é neste ponto em que as divergências acontecem dia após dia e quando há ruptura você pensa: “Não, essa não é a pessoa que conheci há alguns anos atrás”. Mas, a verdade é que a realidade sempre esteve disponível e visível para nós, se não fosse o mal da idealização.

Além de todo o transtorno que a idealização causa durante um relacionamento amoroso, o seu término também pode sofrer grandes e dramáticas consequências.
Talvez você já tenha passado por dificuldade para colocar um ponto final em seu namoro, noivado ou casamento porque o seu ego simplesmente não aceitava que você perdeu a aposta que fez consigo mesmo de mudar o outro. É uma grande polaridade, onde parte de você sabe que não dá mais continuar em um relacionamento que não te traz mais felicidade e que não supre as suas necessidades, ao passo que, o seu ego, te faz lembrar que você não pode perder a aposta tão facilmente assim que havia feito em seguir a sua idealização e sequestrar a subjetividade do outro.
O que quero dizer é que a idealização tem o poder de cegar o seu eu, onde você esquece dos seus valores e do que você realmente merece e te faz querer manter algo de aparências apenas para que você não sofra ainda mais ao aceitar a realidade: A idealização não funcionou, você não mudou ninguém e aquele relacionamento não era para você!

Neste vídeo eu falo sobre a idealização em suas vertentes: No início e no término de um relacionamento amoroso!

Vem entender ainda melhor tudo o que acabei de escrever:

Queridos leitores,

Não dá para viver uma vida sendo o que não somos, cobrando do outro aquilo que ele(a) não pode ser.
A autonomia emocional e afetiva se dá a partir do momento em que nos conhecemos com profundidade e entendemos que tudo aquilo que é difícil de mudar em nós, também é difícil do outro mudar.
Assim, ou aceitamos quem somos e aceitamos o outro como ele é e tentamos fazer nossos relacionamentos darem certos ou passaremos mais tempo investimento no nosso desenvolvimento emocional até que possamos estar aptos a encontrar alguém que nos faça feliz e que possamos fazer o outro verdadeiramente feliz.

Respeite quem você é e quem o outro é!
Pensa sobre isso nesta semana!!

Um grande beijo e até o próximo video!
Camylla Costa

Olá leitores,

Vocês já conheceram pessoas, seja no trabalho, na vida pessoal ou em seus relacionamentos que pareciam ser confiáveis e até ganharam de imediato a sua admiração, mas que com o tempo, todo o encantamento criado em torno delas desmoronou?
Alguma vez vocês já se cansaram de ler posts em redes sociais que afirmavam um posicionamento construtivo por parte de uma determinada pessoa, mas na vida pessoal ela agia ou se sentia completamente diferente?
Já sentiram um grande dilema entre comunicar ao mundo os seus verdadeiros valores e temer a aceitação de terceiros?

Provavelmente a grande maioria irá responder SIM aos três questionamentos iniciais do post e o motivo das respostas positivas é apenas um: O mundo carece de pessoas congruentes.

Congruência é todo o equilíbrio que uma pessoa demonstra ao tomar consciência de algum fato ou valor e, a partir daí, comunicá-lo ao mundo.
Uma tarefa que parece simples, mas exige autonomia emocional.
Existe um lugar de plenitude interior que só é conquistado quando conseguimos alinhar o nosso pensar, sentir e agir sobre o mundo que nos cerca e, quando somos congruentes, estamos completamente capazes de expressar nossa verdade e não tememos a aceitação de ninguém, pois ser quem somos, nos basta e nos orgulha. Ao mesmo tempo, expondo a nossa verdade ao mundo que, em algumas vezes poderá ser expressada por momentos alegres e tristes, estaremos apoiando outras pessoas na construção do seu alinhamento pessoal; ou seja, mostrando a nossa verdade, automaticamente incentivaremos outras pessoas a serem transparentes mesmo diante de um mundo que nos exige o contrário. Assim, criaremos uma atmosfera mais humana onde os outros nos enxergam como pessoas que erram e acertam, passam por momentos bons e ruins, choram e sorriem…

A inversão de valores atual faz com que nós só possamos demonstrar em nossos relacionamentos uma fortaleza que nem sempre existe em nós, afinal, somos humanos e estamos em processo de investigação e construção do nosso desenvolvimento humano.

Talvez agora você comece a se lembrar de momentos em que você foi incongruente ou até mesmo de pessoas próximas a você que demonstram dia após dia, exemplos de incongruência.
Quem pensa de uma forma e age completamente de outra ou quem é de uma forma e age completamente de outra prejudica não só a si mesmo com o grande desgaste mental ao tentar sustentar algo que não é verdadeiro, mas também faz com que a autoestima de terceiros seja reduzida quando ao presenciar atitudes incongruentes, automaticamente se questionam: Será que só eu passo por dificuldades? Será que somente eu ainda não encontrei minha felicidade?

Se você já foi, é ou conhece alguém incongruente, assista e compartilhe esse vídeo, onde ensino de maneira objetiva como você pode praticar a sua congruência no dia a dia pessoal e profissional:

Pessoal,

Quero desafiá-los a vigiar sua congruência em seu ambiente nos próximos dias. Comece a prestar atenção nos seus pensamentos, sentimentos e atitudes. Antes de comunicar um posicionamento ao mundo, tenha certeza que está compartilhando seus valores reais e que se orgulha deles.
Um mundo congruente é o lugar onde todos se apoiam por conhecerem suas dificuldades e entenderem que temos o direito de passar por altos e baixos. Não precisamos comunicar mentiras ao mundo, precisamos ter autonomia em encarar nossa verdade mesmo quando o mundo cobra uma postura contrária apenas para preencher requisitos que os outros acham correto.

Se você conhece alguém próximo a você que é incongruente, compartilhe este post e vídeo com ela para que ela também possa se beneficiar e adquirir autonomia.

Medite neste post e vídeo e tenha coragem!
Temos a liberdade para ir aonde quisermos, ser o que somos e fazer o que amamos! Tenha o seu medo sob controle e esteja pronto para ver mais longe!

Uma ótima semana,
Camylla Costa

Todos os direitos reservados (c) 2016 Programação por Sara Silva