• 28 março, 2019

    A melhor oração que existe!

  • 20 março, 2019

    Vida profissional após a enfermidade

  • Oi oi minha gente, tudo bem?

    Hoje eu tive uma notícia que me deixou feliz e emocionada. Se você me acompanha há mais tempo, já sabe que eu parei de comer carnes vermelhas e brancas há pouco mais de 5 anos. No entanto, na minha família, apenas eu tomei essa decisão.

    As pessoas me perguntam o motivo de eu ter tomado feito essa opção…E o caso é simples: em 2013 eu comecei a conhecer mais sobre espiritualidade e estudar sobre nossos processos energéticos. Daí, quando comecei a desenvolver a minha consciência energética, eu reparei que sempre que ingeria carnes, eu ficava enjoada e com dores no corpo. Demorei alguns meses para perceber a relação entre esses sintomas e a alimentação. Então, eu parei primeiro com a carne vermelha e 3 meses depois, após ter constatado a minha melhora desses sintomas que estavam me incomodando muito, eu decidi também retirar a carne branca.

    Nunca mais senti as dores que sentia, nem o cansaço e aquela sensação de sufocamento que me perseguiam quando eu comia qualquer coisa com carnes.

    Dai hoje quando cheguei em casa, minha irmã estava almoçando e me perguntou se eu tinha visto o que estava acontecendo com os animais em Brumadinho. Infelizmente, estão matando animais presos na lama, a tiros!

    Ela viu a matéria na internet e decidiu então naquele momento, parar de comer carnes! Foi uma comemoração só lá em casa e minha mãe ainda disse que também pararia dali em diante! Senti uma alegria imensa ao ver que mais 2 pessoas se conscientizaram sobre a sua alimentação. Teoricamente, não há diferença alguma no que os policiais estão fazendo em Brumadinho com o que fazem nos abatedouros para a carne de boi ou o frango chegarem ao prato de tantas famílias. E eu achei perfeita a conscientização que minha irmã teve pela dor…

    E esse processo de parar de comer carne é exatamente assim: uns param pelo amor, outros pela dor! O que importa é tomar consciência da alimentação. Eu não sou médica e nem nutricionista…também não sou aquela pessoa chata que fica convencendo todo mundo a parar de comer carne! Para quem quer e quem tem o chamado! É por isso que vou falar agora os prós e contras de iniciar esse processo na sua vida.

    Primeiro que por não ser médica ou nutricionista, minha intenção aqui no blog é apenas fazer meu papel de psicóloga e fazer você refletir sobre essa decisão. Ajudar você a perceber que tem como se alimentar com muita qualidade sem ser com carnes. As receitas que passo aqui, são receitas que são testadas por mim e que vejo que dão certo, elas não são prescrição de nada para nenhuma dieta. 

    Comemos carnes na maioria das vezes porque não questionamos! Se você parar, olhar para a comida que está no seu prato e pensar da onde ela veio antes de ingerir, você naturalmente vai se tornar mais seletivo com a sua alimentação, seja dentro de casa ou na rua.

    O mais difícil quando você decide optar por retirar carnes do seu cardápio é não saber o que vai comer dali para frente. Você acaba ficando viciado naquela idéia errada de que tirou a carne, acabaram as opções. Eu escutei por muito tempo e ainda escuto muita gente falando assim: “Ué, mas você não come carne? Come o que então?” Como se não houvesse nenhum outro tipo de alimento em todas as riquezas naturais do nosso país…E a verdade é que dá pra comer TUDO, exceto a carne!

    Aí, você tem que não só tentar explicar isso numa boa para a pessoa sem parecer moralista ou chata e ainda reinventar seu cardápio. Procurar uma boa nutricionista e começar a descobrir receitas novas.

    Isso dá um trabalho sim no início e se você não aprender a variar o cardápio sem carnes, vai chegar sim um momento que você vai ficar enjoado das mesmas coisas todos os dias.

    Além disso, também é ruim ir a eventos, festas, enfim…Infelizmente ainda é uma minoria que não come carne e é sim difícil encontrar opções sem carne para quem fica muito na rua. Mas, nada que seja impossível com boa vontade e determinação.

    O que fará você vencer essas objeções são os pontos favoráveis dos resultados dessa opção que muda sim nossa vida e, particularmente ao meu ver, muda toda a nossa condição energética.

    Na minha visão depois desses mais de 5 anos sem comer carne, o mais legal é poder perceber que o nosso paladar pode ser educado com absolutamente tudo. Hoje em dia, só de eu ver uma carne ou frango crus, eu fico muito enjoada. No supermercado, passo bem longe dos freezers e açougues. Se vejo um caminhão descarregando aquelas peças dos bois, passo mal! E, sinceramente, não sinto falta nenhuma de nada que leve carne.

    É gostoso perceber que você se acostuma a comer coisas mais simples, vegetais crus, mais folhas, grãos em maior quantidade. É surpreendente quando você vai comer uma lasanha vegetariana e se dá conta de que ela está mais gostosa do que quando você estava acostumado a comer lasanha de carne, presunto e por aí vai…

    Quando você olha para o seu prato e vê cores, você vê a vida, você deixa de ver a morte, o sacrifício e isso nutre a nossa energia e a nossa mente.

    É surpreendente também quando você vai doar sangue e vê que suas taxas estão tão perfeitas, tanto quanto alguém que come carnes.

    No corpo físico, o que você vai sentir é leveza. Para um pouco agora e pensa comigo: Se o animal é morto para chegar até o seu prato, isso significa que a vida dele foi interrompida. Ele devia estar lá bem, com a mãe dele e outros animais como seus amigos. Mas, um certo dia ele entra numa fila e é morto. Antes de morrer, ele com certeza sofreu nem que seja por alguns segundos. Essa energia da dor ou do susto, ficam no corpo dele. Quando aquela carne chega ao seu prato, ela pode estar cozida, temperada e apetitosa, mas a verdade é que aquela carne é um animal morto, na maioria das vezes, morto antes do tempo necessário de vida, morto sem ter escolhido morrer…

    Então, se eu acredito em energia e que meu corpo é energia, é impossível eu ficar bem energeticamente nessa condição. Afinal, estou me alimentando com uma energia morta.

    As pessoas mais sensíveis podem começar a sentir angústia, cansaço ou até mesmo enjoos quando se alimentam com carnes.

    Depois vou falar em outro post sobre as crianças da nova era que estão vindo para a terra e muito novinhas tem dificuldades para se alimentar. Carne então…não comem de jeito nenhum desde bebês! Isso explica tudo e muitas mamães estão desesperadas sem compreender essa mudança de consciência.

    Sentir-se bem na maior parte do tempo, comer algo saudável e perceber que aquilo ali não envolveu morte, nem dor, nem sofrimento é algo que pra mim é o maior bem estar em deixar de comer carne. Não se trata de status…Não é sobre estar na moda! É sobre um estilo de vida consciente em que você inclui os animais na esfera da vida….eles fazem parte!

    Novamente repito: tome essa decisão de forma consciente. Se você está em algum tratamento de saúde e seus médicos não aconselham essa decisão, tente pelo menos diminuir o número de vezes por semana que você e sua família ingerem algum tipo de carne. Se tomar a decisão de parar imediatamente como a minha irmã hoje, vá ao médico, faça os exames, procure um bom nutricionista para não ter deficiência de nenhuma vitamina.

    A conscientização alimentar não precisa ser da noite para o dia, você pode começar a construir isso hoje para no futuro, colher os resultados para você e suas próximas gerações.

    Os animais são como nós, merecem viver!!!

    Gente,

    Eu tenho gostado demais de usar o stories do Instagram…lá eu faço pequenos vídeos ao vivo para compartilhar com todos os seguidores o meu dia a dia de atendimentos no consultório, mostro os bastidores dos meus eventos, publico as coleções dos Terços da Cura em primeira mão, abro para perguntas dos meus seguidores e respondo dúvidas, é uma interação total e eu fico muito entusiasmada de manter o meu feed sempre atualizado…

    Já tem algum tempo que todos os dias por lá tem vídeos curtinhos, aplicáveis e uma série de posts com sacadas para você aplicar no dia a dia, especialmente, se você está passando por alguma enfermidade física, emocional ou algum desequilíbrio energético e está com sede de entender não só suas próprias emoções, sintomas e sentimentos, como também compreender um pouco melhor as relações humanas que nos exigem sempre habilidades de enfrentamento.

    Se você é meu seguidor do instagram, você conhece bem toda essa movimentação de lá. Mas, se você não conhece, começa a me seguir por lá para ficar por dentro do que eu publico todos os dias. É só clicar AQUI!!!

    Dias atrás, rolou uma série de posts para auxiliar quem está atravessando uma fase dolorida da vida: O DIAGNÓSTICO. Dá uma olhadinha em apenas alguns dos temas:

    série de posts

    Vamos nos falar mais intimamente lá pelo meu INSTAGRAM também??? =)

    To te esperando…

    Oi minha gente!!!

    O ano de 2019 começa para mim com importantes mudanças que vou anunciar pra vocês! Cada dia que passa, no dia a dia de consultório e cumprindo minha agenda de eventos, eu posso ter mais contato com vocês e entender realmente como posso ajudá-los de forma mais profunda e íntima. Isso é muito importante pra mim, pois eu posso estar mais perto do que você sente e fazer conteúdos que sejam realmente aplicáveis nas suas demandas emocionais mais profundas, te ajudando a economizar tempo e energia vital.

    E o fato que mais observo e que vocês sempre me relembram no nosso dia a dia de troca nas redes sociais é que nem todo mundo que me acompanha consegue estar comigo em uma consulta ou nos meus eventos presenciais…Na verdade, eu tive a confirmação disso no ano passado quando eu e minha equipe verificamos os estados do Brasil e os países que me acompanham pelo youtube e instagram.

    Ano passado foi um ano intenso demais pra mim, em todos os sentidos. Ano em que eu viajava 3 vezes por mês, fora a agenda de atendimentos e ano também de muito crescimento pessoal e finalizações de algumas fases que precisavam ser concluídas. Tem horas que o nosso casulo fica pequeno demais para nós…já se sentiu assim?

    Pois é…

    Com toda essa correria, foram poucos projetos online e gratuitos em 2018. Mas, ao mesmo tempo, de muitos pedidos de vocês para que eu estivesse mais presente nesses conteúdos que beneficiam a todos, apesar da distância. Então em 2019 eu reuni tudo o que eu podia oferecer de melhor e de forma gratuita para vocês.

    Sem mais delongas, vou contar logo…

    Neste ano de 2019, eu reuni profissionais de diversos ramos de atuação que vão me ajudar a trazer conteúdo gratuito e online para vocês sobre SAÚDE INTEGRAL DO SER.

    Hoje eu sei que você que me acompanha quer aprender e precisa sim de cura emocional, mas também sei que você tem outras demandas. A maioria das pessoas que me acompanham estão no meio de um caos instalado devido a descoberta de uma enfermidade física, emocional ou algum desequilíbrio energético marcado por alguma turbulenta fase da vida.

    Muitos sofrem em demasia porque não conseguem acessar a CAUSA dessas enfermidades e modificar o que causou conflito para então depois conseguirem se curar. Então, cá estou eu para te ajudar a percorrer esse caminho em 2019, onde isso se dará da forma mais clara e completa possível.

    Além de mim que sou psicóloga e cuido do seu emocional, outros profissionais estarão comigo para auxiliar alguns aspectos fundamentais desse período da sua existência.

    Já pensou poder contar com dicas mensais de uma advogada para te deixar a par dos seus direitos junto ao seu plano de saúde ou do SUS quando uma enfermidade surgir ou você tiver que se ausentar do seu trabalho? Já pensou poder contar com o apoio de nutricionistas, médicos e dentistas durante o seu tratamento te alertando de cuidados essenciais com seu corpo durante uma fase de desequilíbrio? E ouvir conselhos e sacadas de pessoas que já passaram pelo que você passa hoje, mas se curaram e estão vivendo uma vida plena?

    Bom, né? Tudo de forma GRATUITA e ONLINE! Pra você acessar quando quiser, de onde quiser e no tempo que você puder. Aqui no blog você não pagará nenhum centavo para ler conteúdos de SAÚDE INTEGRAL DO SER e saber o que deve fazer em momentos específicos de dificuldade emocional.

    Nós estaremos mais juntos, esteja você perto ou longe de mim!! Ninguém se sentirá menos favorecido…o que tiver presencial, também terá online! =)

    Ah…os conteúdos já começarão entrar no ar na semana que vem!

    Eu sugiro que você fique ligado aqui e comece a avisar seus amigos, familiares, todos aqueles que precisam de ajuda a acompanhar esse blog que está se tornando um portal de CURA INTEGRAL DO SER.

    Até muito breve!!

     

    Olá minha gente querida, tudo bem?

    Nos últimos tempos, o projeto dos Terços da Cura tem alcançado inúmeras pessoas. Pessoas de vários estados do Brasil e outros países tem adquirido os terços e pulseiras das novas coleções.

    Estamos iniciando nosso instagram @tercosdacura para publicar todas as novidades e atualizar vocês que me acompanham também nas redes sociais. Pelo fato de muitos conhecerem as peças somente nos meus eventos ou no consultório, muitos de vocês ainda não sabem como surgiu o projeto e me pedem para contar a história detalhadamente. Então, vim relatar aqui também no meu blog um pouco mais sobre o que são os Terços da Cura.

    Esse projeto começou lá em 2013 sem eu saber. Aqueles que me acompanham com maior frequência sabem que minha mãe, a época, foi diagnosticada com câncer no intestino e metástase no pulmão. Foi um tempo muito difícil na vida de toda minha família e ainda me lembro bem da dor insuportável em receber aquele diagnóstico.

    Todas as sessões de quimioterapia que minha mãe fazia na clínica (que não eram poucas), ela tinha o hábito de levar um terço que foi da minha avó. Enquanto ela recebia a medicação em uma maca, ela mantinha o terço na sua mão e ficava em oração. Eu sempre que podia, a acompanhava nessas sessões e a cena que eu presenciava ao redor, definitivamente, não era das melhores. Inúmeros pacientes sentindo na própria pele os efeitos colaterais da quimioterapia: enjôos, mal estar, fraqueza. Lembro-me bem que um dia comecei a sentir, por absorção magnética, tudo que todos os pacientes sentiam. Quando cheguei em casa, eu estava dolorida dos pés a cabeça e com muito enjoo. Não é fácil ter sensibilidade e estar dentro de uma clínica com pessoas nesse momento tão doloroso de suas vidas. Se eu estava saudável, mas sentia tudo aquilo, imagina cada um deles que estavam com seus corpos enfermos?

    Para minha surpresa, quando eu olhava para a maca da minha mãe, a situação era completamente diferente. Se havia vários pacientes sofrendo os impactos dos efeitos colaterais, minha mãe sempre era a única a estar intacta durante as sessões. Com as bochechas sempre coradas, eu me surpreendia ao ver que o caso dela era completamente diferente da grande maioria. Ela sentia sim um enjoo ou outro, mas era muito mais em casa, após as sessões, do que na própria clínica. Lá, ela com o seu terço da mão, parecia estar blindada por uma grande luz de força e proteção que eu, particularmente, acredito ser a força da oração, da conexão com Deus e com a nossa espiritualidade que está sempre atenta e com ouvidos sensíveis aos nossos pedidos realizados de coração aberto e sincero.

    Nessa época, minha mãe teve um sonho e sentiu uma forte intuição sobre confeccionar terços…minha irmã um dia viajou para fora e trouxe para ela, um kit completo com todos os materiais necessários para ela fazer os terços… Só tinha um problema! Na verdade, dois problemas! Minha mãe não sabia fazer terços e mesmo que quisesse aprender, ela se sentia muito fraca após as sessões de quimio, não tendo qualquer disposição para tarefas que demandassem muita atenção e empenho.

    O tempo passou e depois de mais de 20 sessões de quimioterapia e 7 cirurgias, minha mãe ficou curada. Um dia, recebemos em casa, um casal de amigos extremamente espiritualizados que informaram minha mãe que ela deveria trabalhar a energia de cura que ela possuía dentro dela, especialmente, pelo fato dela contar com a proteção de Arcanjo Rafael, o arcanjo da cura que, naquela ocasião, se encontrava muito próximo a ela.

    Minha mãe ficou surpresa com as informações, mas conseguiu compreender em seguida, muitas coisas que ela sentiu ao longo dos anos e não entendia o real motivo.

    Foi aí que a espiritualidade também confirmou para ela sobre essa missão e finalmente ela compreendeu que o sonho e a intuição previamente acessados por ela, estavam realmente certos.

    Para a nossa surpresa, minha mãe que não tinha qualquer habilidade para trabalhos manuais, aprendeu rapidamente a fazer peças lindas que hoje ela fala que realmente esse projeto só pode ser explicado pela força de Deus e da espiritualidade.

    As peças então passaram a ser confeccionadas com esse propósito: auxiliar as pessoas enfermas que estão pelas clínicas, hospitais, consultórios a se apegarem a Deus, a essa nossa força espiritual que está sempre bem próxima a nós, pronta para nos auxiliar. As peças recebem a energia de cura de Arcanjo Rafael que trabalha nos casos de enfermidades, nos processos de cura.

    Já exportamos as peças para os EUA, Portugal, Alemanha e até o momento, para mais de 9 estados do Brasil. Nos meus eventos e no consultório, o sucesso é absoluto. São terços, dezenas e pulseiras que trabalham a cura energética e auxiliam as pessoas de fé, se conectarem com sua espiritualidade, independente das suas religiões. Temos coleções hoje de terços, de pulseiras que auxiliam na proteção energética e também que ancoram a energia de diferentes divindades universais que estão inteiramente à disposição daquelas pessoas dispostas ao bem e ao amor.

    Então, convido vocês a visitarem nossa página do Instagram @tercosdacura e conhecer a coleção nova que está sendo publicada para que vocês possam encomendar imediatamente pelo whatsapp: (24) 98841-7257.

    logo-tc

    Oi Oi minha gente querida,

    É inevitável….todos nós, em algum tempo da vida, sentiremos aquele desejo ardente de reavaliar fatos no nosso dia a dia. Tudo pode começar com aquela sensação pequena de que há uma  angústia dentro de nós, mas aí na correria do dia a dia, deixamos de lado…tempos depois, percebemos que na maior parte do tempo, estamos mais angustiados do que felizes. É quando começamos a ser incomodados sentindo que alguma coisa não está “normal” em nós…

    Infelizmente, uma pequena parcela das pessoas que se sentem assim são as que procuram ajuda imediata, a maioria segue sua vida acreditando que estão sendo vítimas de algum fator externo ou que sua própria existência não tem qualquer valor.

    O fato é que, pequenos sinais não vistos a tempo, geram desconfortos emocionais maiores e esses desconfortos geram, a curto prazo, somatizações, medo excessivo, conflito, inadequação existencial e aí, a bomba da noite para o dia, pode estourar!

    É quando você se pega percebendo que está mais tempo doente do que saudável, tem sintomas inexplicáveis pela área médica ou simplesmente não tem vontade de falar com ninguém, sair, socializar, prefere ficar jogado dentro de casa com seus vazios e angústias até que algo milagroso possa acontecer…

    Tudo isso que escrevi é o perfil claro de quem está precisando ficar frente a frente com suas MEMÓRIAS AFETIVAS para que então, possam ser organizadas.

    E ao contrário do que muitos pensam, não é algo milagroso que vai tirar ninguém do vazio, da dor ou da limitação! Somos nós próprios que podemos mudar o padrão mental, construir fortalecimento emocional para modificar absolutamente tudo que precisa ser transformado para viver uma vida com propósito.

    No dia 23 de Junho, vou ministrar mais uma edição da minha Imersão em Cura Emocional, o workshop Organizando as Memórias Afetivas.

    Das 9hs da manhã até às 20hs, vou colocar mais uma turma frente a frente com todo o seu potencial e vamos trabalhar conceitos de inteligência emocional, transformação do mind set, ressignificação de traumas passados e bloqueios no hoje. Além disso, os participantes desta imersão aprendem a enviar o seu novo modelo de ser ao Universo. Há poder em comunicar ao mundo sua evolução, sua nova energia e sua nova forma de pensar, sentir e agir. Somente assim as portas e oportunidades podem começar a surgir, afinal, tudo é energia!

    A cada edição desta imersão eu recebo apenas 10 pessoas por vez. Isso é um critério rigoroso meu para que eu consiga treinar cada vida praticamente individualmente e com excelência. É por isso que quando as vagas se esgotam eu realmente não abro exceção e a pessoa muitas vezes precisa esperar até eu definir uma nova data.

    Portanto, se você quer participar da imersão em 23 de Junho, cadastre-se agora no site: www.workshoporganizandoasmemoriasafetivas.com ou envie uma mensagem para o nosso whatsapp: (24) 98133-4589

    A CURA EMOCIONAL é possível e completamente acessível para todos aqueles que buscam um caminho. Então, vem comigo que eu te apresento esse estilo de vida, pleno de autonomia emocional, equilíbrio e entendimento sobre as reais causas do que um dia paralisou a sua vida!

    Te espero!

    ws